Movimento lança “sinaleira” para demonstrar indicadores do RS

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Agenda 2020 apresenta diagnóstico de 33 pontos ligados ao desenvolvimento gaúcho

sinaleira-agenda2020

A partir da simplicidade de uma sinaleira comum, com os sinais verde, amarelo e vermelho, o Movimento Agenda 2020 lançou um demonstrativo referente a 33 indicadores socioeconômicos gaúchos. De fácil entendimento, as cores demonstram se as diversas áreas que influenciam no desenvolvimento estão em boas condições, se é preciso ter atenção para que elas não se tornem um problema ou se o rumo de determinado setor precisa ser corrigido.

A Sinaleira 2020 pode ser acessada clicando aqui. A tela de abertura traz um retrato preocupante. Entre os 33 itens, 17 estão marcados com o sinal vermelho, 13 estão no amarelo e apenas três identificados com o sinal verde.

sinaleira-agenda2020

“Nos preocupa muito a baixa capacidade de investimento do Estado. Hoje, apenas 5%da receita líquida gaúcha é para esse fim. Precisamos ter 10% para investir, mas as principais propostas são para resultados de médio e longo prazos”, relata o diretor-executivo da Agenda 2020, Ronald Krummenauer.

Sinal vermelho

Também estão identificados com o sinal vermelho a qualidade da educação, hospitais, previdência pública, saneamento, custo logístico, perdas na distribuição de água, homicídios, tráfico de drogas, população carcerária, efetivo da Brigada Militar, entre outros.

Atenção!

No amarelo, que significa “atenção”, estão enquadrados o número de leitos hospitalares, qualidade das estradas, energia, gastos com saúde, população pobre, irrigação, renda e PIB per capita, índice de desenvolvimento humano, entre outros.

Sinal verde

Apenas três itens são considerados satisfatórios pela Agenda 2020. A quantidade de parques tecnológicos e o número de doutores e mestres estão entre elas. A terceira mostra a vocação agrícola do Estado, já que destaca a produtividade das lavouras.

“O Rio Grande do Sul é uma referência mundial na produção de grãos, mas há a oportunidade de melhorias”, acredita Krummenauer.

Sinaleira 2020

Em cada um dos 33 indicadores, é possível ler um breve resumo que explica o por quê do sinal colorido e o que é possível fazer para melhorar ou evitar retrocessos. O espaço oferece textos e ilustrações com dados e gráficos.

Fonte: Gaúcha

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone