Moradores de Porto Alegre podem trocar resíduos recicláveis por alimentos

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

A cada 4 kg de resíduos recicláveis, o morador recebe 1 kg de alimento.

imagem133331

Foto :Evandro Oliveire/PMPA

 

A comunidade da Vila Maria da Conceição, em Porto Alegre, recebe neste sábado (10) a nova edição do projeto-piloto Troca Solidária. Esta é a segunda vez que os moradores da região terão a oportunidade de trocar quatro quilos de resíduos recicláveis por um quilo de alimentos hortifrutigranjeiros. A troca ocorrerá das 9h às 14h, na esquina das ruas Guilherme Alves e Mário de Artagão, em frente ao campo Vermelhão.

Nas duas últimas edições do projeto 220 quilos de alimentos foram distribuídos e 1.550 quilos de recicláveis foram recolhidos e entregues às Unidades de Triagem mais próximas.

Além do estímulo à separação adequada dos resíduos, o projeto tem por base a promoção do reforço alimentar em comunidades carentes e a ampliação da consciência coletiva de cuidado com os espaços públicos. Pela iniciativa, cria-se uma rede de solidariedade e responsabilidade ambiental, unindo a prefeitura, produtores rurais locais, comunidades beneficiadas e unidades de triagem, que receberão a totalidade dos resíduos recicláveis decorrentes do processo.

Inspirada nos projetos Troca Solidária de Caxias do Sul e Câmbio Verde de Curitiba, a iniciativa local pretende estimular a correta separação dos resíduos recicláveis e orgânicos nas comunidades da capital gaúcha e combater o descarte irregular. Em troca, os participantes recebem hortifrutigranjeiros e se responsabilizam pelo cuidado mútuo e limpeza da localidade atendida.

 Cronograma

– 10/01: Vila Maria da Conceição.

– 17/01: Restinga.

Após a análise da etapa inicial, o projeto será retomado nas mesmas comunidades e poderá ter outros bairros envolvidos a partir de sete de março de 2015.

Lista de resíduos recicláveis aceitos para a troca:

– Metais

– Plásticos

– Vidros (devem ser entregues em sacos separados, para evitar acidentes na coleta e na descarga na UT).

– Papéis

– Embalagem longa

Resíduos não permitidos: embalagens com resíduos perigosos, medicação vencida, pilhas e baterias, lâmpadas fluorescentes, resíduos eletrônicos, madeira, resíduos da construção civil, orgânicos e similares.

Fonte: Cibele Monteiro – Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone