Escócia começa a construir a maior usina de energia de maré do mundo

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

A maior usina de energia das marés está prestes a inaugurar a fase de obras. O local escolhido para abrigar esta estrutura foi o litoral da Escócia. A empresa responsável pela gestão do projeto é a australiana Atlantis Resources, que contará com o apoio financeiro através do Fundo de Investimento em Energia Renovável do Reino Unido.

ANDRITZ_HYDRO_Hammerfest_Tidal_Turbine_Technology_single_unit.jpg

Apelidada de MeyGen, a usina possuirá 269 turbinas, instaladas no fundo do mar em Ness of Quoys, na região nordeste da Escócia. Quando finalizada, a estrutura deve ser capaz de gerar energia suficiente para abastecer 175 mil casas, com potencial total de 400 MW.

Conforme comunicado oficial, a construção deve ser iniciada ainda neste mês e a previsão é de que a eletricidade comece a ser entregue em 2016, quando 60 turbinas já estarão instaladas. A expectativa é de que a usina seja finalizada em 2020.

Antes de instalarem as turbinas, os primeiros passos da obra serão destinados à instalação das redes de transmissão. Assim, mesmo que não esteja operando em capacidade total, já será possível aproveitar a energia, sem desperdício.

Aproveitar o movimento dos oceanos para produzir energia limpa é um dos principais objetivos do Reino Unido. Desde 2011 os britânicos têm instalado diferentes sistemas de teste e a intenção é de que os britânicos produzam 190 gigawatts de energia renovável até 2050.

Fonte: Ciclo Vivo

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone