Os desafios do RS

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

agenda-2020

Quando em março de 2006, mais de 850 voluntários gaúchos se reuniram e numa jornada memorável definiram o que queriam para o Rio Grande do Sul em 2020 _ Ser o melhor estado para se viver e trabalhar _, eles também estavam criando um movimento apartidário, independente, técnico e estratégico para perseguir esse grande objetivo.

Em oito anos de atuação, o movimento Agenda 2020 contabilizou milhares de horas técnicas de voluntários especialistas em temas como educação, saúde, segurança, inovação e tecnologia, gestão pública, infraestrutura, cidadania e responsabilidade social. Foram centenas de reuniões, fóruns e seminários. Com esse conhecimento técnico, a Agenda 2020 foi convidada para palestras fora do RS e até mesmo no exterior. Hoje são quase 200 entidades apoiando esse movimento, acreditando no sonho de um Rio Grande do Sul melhor para todos.

Sonho? Utopia? Muitas utopias puderam se tornar realidade quando todos dirigiram seus esforços para o mesmo objetivo.

Quando, com o apoio do conselho superior da Agenda 2020, fui nomeado presidente deste movimento, foi definido um Plano de Ações para o primeiro semestre de 2014: realizar em maio (dia 29) um novo grande encontro para analisar nossas metas nos 12 fóruns temáticos definidos como prioritários. Ver o que avançou e o que falta melhorar. Para que este evento possa ter a objetividade que se deseja, a Agenda 2020 está realizando reuniões propositórias de disseminação dos objetivos em cidades do Vale do Paranhana, Serra, Vale do Rio Pardo, Produção, Missões, Central, Sul e Campanha. São encontros que também mostram, através de números e indicadores, os desafios dessas regiões.

A sociedade produtiva e pensante do Rio Grande do Sul não poderá ser acusada no futuro de não ter dado sua contribuição para uma Agenda de Estado e não apenas uma agenda de governo.
Agenda de Estado é muito mais que um plano de governo. É esse o objetivo da Agenda 2020, que será conquistado com a participação da sociedade gaúcha.

Fonte: Humberto César Busnello  /  Presidente do Conselho Superior da Agenda 2020 / Publicado originalmente no jornal Zero Hora.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone