Confira sete chaves essenciais para ser um líder genial

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Especialista estudou as características comuns entre as revoluções que Bill Gates, Walt Disney e Ted Turner fizeram em suas áreas de atuação.

thumb-seja-um-lider-genial-8-10-2013-17-39-20-917Atualmente, muito se fala sobre liderança no ambiente corporativo. No entanto, segundo Ômar Souki, especialista em motivação e marketing, ser um líder genial não é algo inato. O professor de marketing nos cursos de pós-graduação da Universidade Federal de Minas Gerais e da Fundação Getúlio Vargas estudou a revolução que Bill Gates, Walt Disney e Ted Turner fizeram em suas áreas de atuação para entender as características comuns entre eles.

O resultado da pesquisa é o livro “Liderança e genialidade empresarial”. Para Souki, o primeiro sinal é a vontade de fazer diferente.  “Há sete chaves essenciais para que um líder seja genial e faça a diferença. Quem as seguir, será bem sucedido nesta busca”, afirma o especialista. Confira quais são elas:

:: Iniciativa: é a chave fundamental. “Em vez de achar que o mundo deve algo a você, pense de que forma você pode contribuir, usando seu dom, para melhorar o mundo”, afirma o especialista.  Ele ensina que é preciso procurar oportunidades e “fazer acontecer”, em vez de “ficar esperando”, pois cada pessoa tem um dom particular que a faz se destacar entre milhares de outras.

:: Missão impossível: “toda pessoa tem uma missão própria. Há sempre um caminho certo a seguir. Essa missão brota do coração, é nosso dom natural, aquilo que melhor sabemos fazer e que dá os melhores resultados que obtemos”, acredita o consultor. A missão é “impossível”, explica Souki, porque devemos sonhar alto ou, como ensinou Walt Disney, “estar onde é impossível”. O especialista fala do exemplo de Bill Gates, que tinha como meta colocar um computador em cada casa e em cada mesa de trabalho. “Parecia impossível; hoje é a nossa realidade cotidiana”, diz.

:: Criatividade: é por meio dela que se desenvolve e se realiza a missão. É o exercício de observar o que está faltando e descobrir o que pode melhorar em sua vida e no mundo. Souki defende que a criatividade pode ser fruto de intuição ou de pesquisa. “Ela tem origem na imersão no trabalho de cada um e no esforço de não se repetir, mas sim, de criar coisas novas”.

:: Comunicação: sgnifica perceber a necessidade do outro e fazer com que uma ideia seja exposta. “Mas é preciso acreditar no que se vai comunicar. Quanto mais paixão, melhor o resultado”. Ele ressalta que essa comunicação deve ser feita sempre no espírito de servir, melhorando a condição humana. “É preciso ser altruísta, ter foco no outro”, analisa. Foi com esse pensamento, lembra, que Ted Turner teve a ideia de oferecer às pessoas uma possibilidade de ter contato com as notícias 24 horas por dia, criando a CNN.

:: Ação eficaz: “é preciso estar focado, imerso na tarefa de direcionar suas ações para que elas possam contribuir positivamente com sua missão. É assim que ela será eficaz”, define Souki. É o que você quer que ajuda a definir como atingir tal objetivo.

:: Energia infinita: é o componente emocional das demais chaves e está ligada à convicção de que é possível realizar determinada tarefa. “Para conquistar o que almeja, é preciso ter energia, cuidar da saúde, da espiritualidade. É preciso ter tempo para relaxar, se organizar, ter qualidade de vida e trabalhar”, resume.

:: Congruência: significa harmonizar o espírito, as emoções, o intelecto e o corpo. “Pensar, sentir, falar e agir na mesma direção, para conseguir os resultados esperados”, salienta o consultor. Segundo ele, apenas respeitando esse sistema de valores é possível ser saudável – sem entristecer-se ou adoecer – e ter sucesso.

Fonte: Caderno Pense EmpregosZero Hora

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone