Por favor, quero me sentir bem com os governantes

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

loureiro da silva.1

São muitas as razões, demais até, para o cidadão brasileiro ficar indignado com qualquer governante do País. É fácil, fácil.  Há pouco, por exemplo, vi na tv a fraude no Ministério do Trabalho. Milhões e milhões desviados. Depois, tem os conchavos políticos, as promessas não cumpridas, a sonegação fiscal, o suborno, o descaso, a má gestão. A lista de embustes é enorme.

No mesmo momento que alguém está sendo preso por corrupção, dezenas de corruptos estão atuando em diversos pontos do País.

Acredito que a população, após os manifestos, está esperando melhoras generalizadas de serviços, de atitudes, de respeito, de austeridade, comportamentos que parecem muito distantes. O que se quer, na verdade, é se sentir bem com os nossos governantes, talvez até, como num sonho, um certo orgulho. Mas é algo quase impossível. Tive esperanças com alguns políticos mas eles resultaram em grandes decepções. Espontaneamente, cheguei até a ajudar em suas eleições. Mas era tudo falso. Enganaram a todos os seus eleitores.

Mas, sempre com esperança, voltava a acreditar em um novo candidato, fé que não se sustentava por muito tempo ou por falta de consistência ou a perceber que a causa do candidato era o seu próprio bem estar.

Além disso, com escassa educação, boa parte dos eleitores brasileiros já está com seu voto decidido, assegurando a vitória do assistencialismo, da permanência do mesmo.

Assim, a esperança de que algum dia o brasileiro irá sentir uma pequena ponta de orgulho de algum governante, da visão que ele demonstrou, da causa pública respeitada, a gente só encontrará no passado. Aqui em Porto Alegre, gostaria de ter um governante como José Loureiro da Silva, ousado e visionário. Lendo sobre suas administrações, fico imaginando como seria ele estar por aqui no século XXI.

Inácio Knapp

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone