Foton terá fábrica em Guaíba

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

 

Beiqi_Foton_logo

A Foton Aumark do Brasil, representante no País para caminhões leves, médios e pesados da fabricante chinesa Beiqi Foton Motor Co. Ltd., assinou com o governo do Rio Grande do Sul Protocolo de Intenções para a construção de sua fábrica de caminhões no município de Guaíba, na região da Grande Porto Alegre.

O documento foi assinado dia 13 de agosto em solenidade no Palácio Piratini, pelo presidente da Foton Aumark do Brasil, Luiz Carlos Mendonça de Barros e o governador do Estado do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

“Estamos seguros da decisão que tomamos. O Estado do Rio Grande do Sul possui vocação para o setor automotivo e a conclusão das negociações com o governador Tarso Genro e com sua equipe me dá a certeza de que esse investimento trará muitos benefícios para o Estado e para o Brasil. Posso assegurar que muito ainda está por vir a partir desse empreendimento”, afirma Mendonça de Barros.

As obras para construção da fábrica terão início ainda neste ano e a previsão é que o primeiro caminhão brasileiro da marca deixe a linha de montagem em Guaíba no início de 2016. Até lá, a empresa continuará importando da matriz chinesa em Beijing, os modelos de 3,5 até 10 toneladas de PBT.

Com investimentos iniciais dimensionados em 250 milhões de reais, a fábrica ocupará um terreno de um milhão e quinhentos mil metros quadrados, dos quais um terço da área serão reservados para a instalação de fornecedores no “site”. Com capacidade instalada de 21 mil caminhões por ano em um turno, a fábrica montará veículos de 3,5 até 24 toneladas, com gradativa expansão de “line up”. Os veículos possuem cronograma de nacionalização definido e inicialmente a produção deverá ocorrer com 15% de conteúdo local, crescendo até atingir índice de 65%, em três anos.

De acordo com Mendonça de Barros, o processo para a instalação de uma fábrica de grande porte no Brasil exige avaliação de diversos quesitos técnicos, operacionais, logísticos e ambientais. Pelas dimensões continentais do País é natural a avaliação de diversos Estados que reúnem todas as condições favoráveis à instalação de uma fábrica do setor automotivo.

A decisão final pelo Estado do Rio Grande do Sul ocorre após longa negociação com naturais interrupções do processo. Isso fez com que a Foton Aumark do Brasil, em função da urgência em cumprir seu cronograma de instalação de fábrica no País, avançasse nas negociações com o Estado do Rio de Janeiro e anunciasse intenção de construir a fábrica no Estado fluminense. Contudo, uma dificuldade em encontrar um terreno adequado para acomodar o projeto inviabilizou a continuidade das conversas com o Rio de Janeiro e permitiu que os pontos pendentes com o Rio Grande do Sul pudessem ser resolvidos rapidamente.

“Nosso relacionamento com o Rio de Janeiro continua muito bom e será sempre positivo. Estamos satisfeitos com a conclusão das negociações com o Rio Grande do Sul. Temos um compromisso com nossa matriz, com prazo definido, para a construção de nossa fábrica no País e não podemos atrasar nosso cronograma para produzir localmente os veículos da marca”, afirma Orlando Merluzzi, vice-presidente corporativo da Foton Aumark do Brasil.

A Foton na China produz caminhões “premium” com as famílias Aumark e Aumam e são esses modelos que integrarão as versões brasileiras da marca.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone