Aquilo que está na nossa frente e aquilo que a gente não consegue ver

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

 

coletivafl

O 26º Fórum da Liberdade, que irá ocorrer nos dias 08 e 09 de abril no Centro de Eventos da PUCRS, trará grandes nomes a Porto Alegre/RS para participar dos debates sobre O que se vê e o que não se vê, tema desta edição. Os participantes nacionais e internacionais abordarão dentro deste contexto questões como empreendedorismo, liberdade de imprensa, segurança pública, protecionismo, infraestrutura, educação básica e gasto público.

O presidente do Instituto de Estudos Empresariais (IEE), Michel Gralha, justificou a escolha do tema desta edição do Fórum da Liberdade, baseado nos ensaios do economista francês Frédéric Bastiat, escritos no século XIX. “Há mais de um século Bastiat falava sobre questões estruturais e incitava o debate sobre aquilo que está na nossa frente e aquilo que a gente não consegue ver por trás de uma decisão, tanto pública quanto privada. Então essa é a base do Fórum da Liberdade desse ano, debater o que se vê e o que não se vê”, explicou.

Na solenidade de abertura, no final da tarde do dia 08, serão entregues os prêmios Libertas e Liberdade de Imprensa. O empresário João Roberto Marinho será agraciado com o Prêmio Libertas, concedido aos empreendedores que se destacam no trabalho pela valorização dos princípios de economia de mercado e de respeito ao Estado de Direito democrático. Já o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto, será homenageado com o Prêmio Liberdade de Imprensa, conferido aos profissionais que preconizam a liberdade de imprensa e que se dedicam ao desenvolvimento do pensamento crítico.

A 26ª edição do evento terá sete painéis e três palestras especiais. O empresário Jorge Gerdau Johannpeter e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini farão a palestra de abertura no primeiro dia do evento. Já a palestra de encerramento, na terça-feira, às 19h30min, ficará por conta da blogueira cubana Yoani Sánchez.

primeiro painel (segunda-feira, dia 08 de abril, às 17h) trará um grande debate entre alguns especialistas em empreendedorismo: Marcos Troyjo, professor e diretor do BRIClab, da Columbia University; e Marcio Kumruian, fundador da Netshoes, que irão abordar Empreendedorismo – Há empreendedorismo sem lucro?.

segundo painel (segunda-feira, às 20h15min) irá tratar sobre Liberdade de imprensa – Qual o preço do silêncio?. Os debatedores serão Julio Saguier, presidente do jornal La Nación, da Argentina; e Fabio Barbosa, presidente do Grupo Abril S.A. O mediador será Nelson Sirotsky, presidente do Conselho de Administração do Grupo RBS.

Segurança Pública – Qual o custo da insegurança? será o tema do terceiro painel (terça-feira, dia 09 de abril, às 9h30min) do evento. Contará com a participação do gaúcho José Mariano Beltrame, Secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro; e Jairo Jorge, atual prefeito de Canoas (RS).

quarto painel (terça-feira, 11h) do Fórum terá debates sobre Protecionismo – Protegendo quem de quem?. Quem trará exemplos para o público será o Randy Simmons, cientista político, professor, escritor e presidente do departamento de Ciência Política na Universidade Estadual de Utah (USA); Jorge Ávila, presidente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), e o fundador e atual presidente do Instituto Mises Brasil, Hélio Beltrão. O jornalista Tulio Milman será o mediador do painel.

quinto painel (terça-feira, 14h30min) discutirá Falta de infraestrutura – A infraestrutura pública é gratuita?, tendo como participantes o diretor-presidente da GOL Linhas Aéreas Inteligentes, Paulo Kakinoff; o economista e ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung; e o economista espanhol Gabriel Calzada Alvares.

Educação Básica – Quais as consequências da ignorância? será o tema do sexto painel (terça-feira, 16h15min), que contará com as presenças da Ozires Silva, reitor do Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte); Gustavo Cerbasi, especialista em finanças pessoais com dez livros publicados; e Luís Filipe Reis, Chief Corporate Centre Office (CCCO) no grupo português Sonae.

sétimo painel (terça-feira, 18h) do 26° Fórum da Liberdade abordará o tema Gasto público – Quem paga a conta?. Para debater o assunto o Fórum contará com o Yaron Brook, presidente da Ayn Rand Institute, organização não governamental, com sede nos Estados Unidos; Eduardo Campos, atual governador de Pernambuco e presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB); e o islandês Hannes Gissurarson, historiador, filósofo e doutor em política.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone