RGE investirá R$ 810 milhões no RS

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

A CPFL Energia, por meio de sua distribuidora Rio Grande Energia (RGE), vai investir, nos próximos três anos no Rio Grande do Sul, R$ 810 milhões em melhorias e ampliação da rede de energia elétrica nos 262 municípios de sua área de concessão. O anúncio foi feito dia 15/08, no Palácio Piratini, após reunião entre o governador Tarso Genro, o secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, o presidente da CPFL Energia, Wilson Ferreira Jr. e o presidente da RGE, Luis Henrique Ferreira Pinto.

Como parte da agenda do programa RS Mais Energia, realizado pelo Governo do Estado, os investimentos da concessionária, de 2012 a 2014, contemplarão ações como:
– melhoria, expansão de redes e a incorporação de redes particulares de baixa e média tensão;
– melhoria da qualidade e expansão da capacidade em áreas rurais;
– automação da rede de distribuição;
– novas subestações e linhas de transmissão, bem como a substituição de equipamentos;
– reforma, manutenção e ampliação de subestações e linhas de transmissão, manutenção da rede de distribuição, renovação da frota de veículos operacionais
– manutenção e modernização dos sistemas de tecnologia da informação da concessionária.

Desse montante, R$ 280 milhões serão voltados a obras e projetos previstos prioritariamente para atender a crescente demanda em áreas rurais.

De 2006 a 2011, a distribuidora investiu mais de R$ 1,3 bilhão em sua área de concessão, realizando cerca de 222,1 mil novas ligações e expandindo sua rede em mais de 7,3 mil quilômetros, 96,3 mil novos postes e 18,3 mil novos transformadores. Além disso, realizou ações de melhoramento com a substituição de 160,1 mil postes, 25,4 mil transformadores substituídos ou ampliados, a reforma de 2,5 mil quilômetros de redes e a instalação de 1,3 mil equipamentos reguladores e religadores.

Os investimentos previstos pela RGE no período 2012-2014 contemplarão 16 regiões (em parênteses a sede de estações avançadas da concessionária):

– Serra (Caxias do Sul): R$ 63,1 milhões
– Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves): R$ 56,5 milhões
– Nordeste Riograndense (Lagoa Vermelha): R$ 36,3 milhões
– Encosta Superior do Nordeste (Nova Prata): R$ 61,4 milhões
– Alto Uruguai Norte (Erechim): R$ 82,7 milhões
– Planalto (Passo Fundo): R$ 19,4 milhões
– Zona da Produção e Médio-Alto Uruguais (Frederico Westphalen): R$ 56 milhões
– Zona da Produção (Palmeira das Missões): R$ 25,4 milhões
– Alto Jacuí (Cruz Alta): R$ 11,3 milhões
– Celeiro (Três Passos): R$ 61,4 milhões
– Fronteira Noroeste (Santa Rosa): R$ 31,5 milhões
– Missões (Santo Ângelo): R$ 39,7 milhões
– Campos de Cima da Serra (Vacaria): R$ 49,9 milhões
– Região das Hortênsias (Canela): R$ 40,1 milhões
– Região do Paranhana e Encosta da Serra (Taquara): R$ 40,3 milhões
– Região Metropolitana (Gravataí): R$ 23,7 milhões.

No anúncio, o presidente da CPFL Energia, Wilson Ferreira Jr., ressaltou o compromisso da empresa e de sua controlada RGE, com o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. “Esses investimentos vêm para dar suporte ao crescimento que o Estado vem vivendo nos últimos anos, que precisa ser atendido por uma distribuição de energia ainda mais eficiente e robusta”, disse.

Para o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, nos últimos quatro anos, os investimentos em energia têm sido um dos maiores que o Estado já recebeu. Ele reiterou também a agilidade no atendimento à população, fato atestado pelos próprios clientes da RGE após o tornado que atingiu o município de Santa Bárbara do Sul, que integra a área de concessão da distribuidora. Em 36 horas de trabalho ininterrupto, cerca de 150 equipes da concessionária reconstruíram mais de 10km de rede e repuseram uma centena de postes derrubados pelo vento.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone