É possível ser 1% melhor a cada dia

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Você tem a sensação que não consegue acompanhar as mudanças que ocorrem no mundo à sua volta? E percebe que, ao decidir mudar, o ritmo é tão acelerado e exige tanto esforço que dá vontade de deixar tudo como está?

A mudança em si já gera desconforto. Se for motivada por pressões externas, então, a dificuldade é ainda maior. É por essa razão que todos nós postergamos e resistimos até o último segundo para iniciar qualquer transformação – por mais positiva e desejada que ela seja.

O problema está justamente aí: quanto mais se adia, maior será o tamanho da mudança e mais difícil realizá-la.

Para não fazer modificações radicais na sua vida pessoal ou profissional, o ideal seria fazer pequenas mudanças com ritmo constante. Esta é a ideia do lema “seja 1% melhor a cada dia”.

Conheci recentemente Pedro Sorrentino, um empreendedor que pratica este método no seu dia-a-dia. Ele divide seu tempo entre São Paulo e a cidade de Boulder, no Colorado-EUA.

Formado em jornalismo, é cofundador de duas empresas. Pedro decidiu aplicar para sua vida a melhoria de 1% a cada dia durante sua pós-graduação nos Estados Unidos.

A ideia é começar pelas atividades mais simples do cotidiano com pequenas mudanças diárias em todas as áreas da vida. Ele iniciou com a saúde. Começou a acordar mais cedo, fazer meditação e praticar atividades físicas, ampliando gradativamente o número de exercícios diários.

Esta estratégia pode gerar numa grande mudança pessoal. Acompanhe o cálculo, depois de uma semana praticando 1%, tornar-se 7% melhor.

Uma quinzena é o dobro: 14% e em seis meses você estará 180% melhor em algum aspecto.

Para Pedro essa atitude – melhorar 1% a cada dia – é mais importante ainda na sua atividade empreendedora. Na área de TI, em que ele atua, as mudanças são constantes e rápidas. Por isso, a disposição para melhorar sempre é ingrediente fundamental para a competitividade.

Depois de trabalhar em algumas startups, Pedro decidiu empreender, criando o site Resolva-me, uma rede de recomendação de profissionais. A intenção era criar num site de classificados, como as páginas amarelas, que resolvesse rapidamente os problemas das pessoas com profissionais de confiança.

Em 2010 a ideia se transformou em empresa com mais três sócios brasileiros. No ano seguinte, o negócio foi vendido ao Buscapé. Pedro poderia ter ficado na empresa e voltado a morar no Brasil, mas para não se acomodar, escolheu continuar seu processo de melhoria nos Estados Unidos.

Atualmente com 23 anos, abriu sua segunda empresa. É sócio da Slumdog Produções, que realiza eventos para startups, e trabalha como Business Development Manager para a Sendgrid, empresa americana de TI que gerencia e-mail em nuvem.

Ele considera que a disposição de fazer negócios inovadores num mercado evoluído e competitivo como o americano amplia sua possibilidade de amadurecimento pessoal e profissional, além de aumentar sua capacidade de enfrentar desafios.

Pedro acredita que este é o melhor momento para os negócios de TI no Brasil. Está sempre atento às novas oportunidades e disposto a ajudar empreendedores iniciantes. As mudanças sempre acontecem em ciclos, e o melhor momento para começar um novo ciclo é agora.

Que tal aderir a ser 1% melhor a cada dia? Os resultados podem ser surpreendentes.

A autora deste artigo é Mara Sampaio que é Psicóloga e especialista em cultura empreendedora.

Fonte: Brasil Econômico.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone