Leitura: Charque

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

 

Livro: Charque
Autor:Marcelo Mirisola
Artigo: Biografia de araque
Por: Marcelo Rubens Paiva

Publicado originalmente no jornal O Estado de S.Paulo

Está rolando o lançamento do melhor livro que li neste ano, CHARQUE, do MARCELO MIRISOLA, ou MM para os amigos. Autor que não para, que parece escrever sem nenhum tipo de autocensura, sua marca, o que deveria ser a prática de todos os escritores.

Que detesta metáforas, jogos com palavras.

CHARQUE é, como ele define, uma autobiografia de araque:
“A vida não é tão emocionante e nem tão fajuta quanto a biografia que inventamos para nós mesmos.”

Não se sabe o que é falso e verdadeiro. Ora, como em todas elas.
História de um sujeito que atravessa com desconfiança os eufóricos anos 80, temendo a Aids, ouvindo CAZUZA de lado, e que se sente a todo tempo enganado.
Ora trabalhando na fábrica de embutidos da família [massacrando coelhos], ora numa praia fora da rota turística de Floripa, como chapeiro de uma lanchonete.

“Sempre vivi no mundo de ação e de mentira, e eu penso sinceramente que o escritor não tem que dar colher de chá para o sobrenatural. Tampouco para a realidade.”

De bode de todos os ícones da época, ou daqueles que foram fundamentais para a formação de uma geração, não se deixa levar por ilusões ou bandeiras.

Vivendo a derrota da Seleção de 82, batida por um desengonçado PAOLO ROSSI, a derrota das DIRETAS JÁ, a era XUXA e MUSSUM, se transformou num folclore de si mesmo: “Não existe Viagra para o espírito. E álibi para brochar é o que não nos falta.”
MM é dos poucos escritores que não consigo deixar de ler.
Pois aprendo mais com ele do que com toda a listagem de finalistas de prêmios literários.

E invejo a sua coragem de falar realmente de tudo, dos segredos ocultos que preservamos, e seu estilo debochado e trágico.
Ou seu deboche pelo próprio drama.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone